Estética, Cosmetologia, Beleza, Saúde e Suplementação

Top Menu

Crioterapia na Estética

By That's it...

Postado em , , | Tags : , , , , , , , , , , ,

Crioterapia – O frio na estética

A Crioterapia é um tratamento não invasivo, seguro, eficaz e indolor, cuja característica principal é arrefecer o corpo com o objetivo de acelerar o metabolismo e assim queimar gordura.

Como funciona?


Esta terapia através do frio, consiste na aplicação terapêutica de um crio gel, em que o corpo é envolvido em bandas frias que potenciam a sensação de frio. Consequentemente resulta uma diminuição da temperatura da pele, entre 0ºC a 15ºC,  que resulta na redução do calor corporal. O frio não só promove a produção de colágeno como também melhora a circulação sanguínea, sendo um ótimo procedimento para terminar com a flacidez e melhorar a tonicidade da pele.

Ao resfriar a zona que se pretende tonificar, o músculo e a pele gastam energia para tentar compensar a alteração da temperatura ocorrendo a eliminação da gordura localizada. Isto devido à aceleração do metabolismo das células e, por consequência, à vasodilatação que origina a queima da gordura localizada.

As bandas frias originam uma onde de arrefecimento que atinge as células. Logo acontece uma reação térmica que acaba por obrigar o organismo a gerar energia para que restaure a temperatura local. Para que este processo seja mais rápido, o corpo vai buscar a gordura acumulada nas células adiposas e transforma-a em energia.

A Crioterapia é uma ótima solução se pretende eliminar gordura localizada e ainda tem outros benefícios. Este tratamento pode ser realizado no abdômen, flancos, coxas, braços ou qualquer outro local que tenha gordura localizada. É importante reforçar que este tipo de tratamento estético deve-se fazer acompanhar com outro plano de tratamentos e uma alimentação equilibrada e variada, para melhores resultados.

Benefícios da Crioterapia

  • Melhora a circulação sanguínea
  • Eliminação de gordura localizada
  • Melhora a tonicidade da pele (envelhecimento mais lento)
  • Combate a flacidez
  • Melhora a aparência da celulite

Cuidados a ter na Crioterapia

Apesar de ser um tratamento útil, eficaz e de custo reduzido, é recomendável consultar primeiro o seu médico antes de proceder ao tratamento.

A crioterapia está desaconselhada a pessoas com alterações da circulação sanguínea, de sensibilidade ou em feridas abertas. Na doença cardiovascular descompensada deve-se também evitar a aplicação de frio, assim como em doença de pele, como a urticária.

Passo a passo da crioterapia estética

Para fazer esse tratamento no rosto é aconselhado:

  • Lavar o rosto com água fria;
  • Aplicar creme esfoliante no rosto e depois remover os resíduos;
  • Deslizar equipamento que promove o frio (que pode ser um cubo de gelo envolvido numa gaze) em toda face no sentido de baixo para cima;
  • Aplicar creme hidratante para finalizar.

Para fazer esse tratamento no corpo deve-se seguir os seguintes passos:

  • Esfoliar a pele para que o creme redutor penetre mais facilmente no organismo;
  • Passar um creme profissional para crioterapia estética que contenha cânfora, mentol, cafeína ou centella asiática, por exemplo;
  • Realizar uma massagem redutora em toda a região ou uma boa drenagem linfática;
  • Enfaixar o local para manter o frio, deixando-o atuar por aproximadamente 20 minutos.
  • Deve-se manter o creme na pele por 4 horas e neste período pode-se realizar as atividades diárias normalmente e pode-se inclusive realizar exercícios físicos. Depois deste tempo, deve-se tomar banho para retirar todo o produto.

Para um melhor resultado recomenda-se realizar a crioterapia estética pelo menos 3 vezes por semana, em dias intercalados. Os resultados podem ser vistos a partir da 3ª semana de tratamento.

Quando a crioterapia estética é indicada

As indicações da crioterapia estética incluem:

Melhorar o tônus da pele, ajudando a combater a flacidez;
Combater rugas e linhas de expressão quando é usado no rosto;
Diminuir a circunferência das coxas, braços ou até mesma a cintura.
A crioterapia pode ser realizada no rosto, abdômen, braços, flancos, culotes, coxas, bumbum, mas não deve ser realizada nas costas por ser muito desconfortável.

Quem não pode fazer

As contraindicações incluem doenças de pele, como urticária, por exemplo, infecções na pele, durante a gravidez, após uma cirurgia, doença do sistema imune, doenças do coração e câncer. Indivíduos obesos não são aconselhados a fazer esta técnica, pois ela apenas combate a gordura localizada, não o excesso de peso.

Também não é uma boa opção em caso de celulite.

Leia Mais

Fonte: Saúde e Estética e Tua Saúde| Fotos: distribuição|internet.

Share

About The That's it...

porque viver é sonhar...

Related Posts

Os comentários estão fechados.
btt
Share