Thiomucase celulite2-710x300

Thiomucase, o supositório que emagrece

NOME QUÍMICO: Condrointinsulfatase

PROPRIEDADES e APLICAÇÕES: Constitui-se numa mucopolissacaridase, ou seja, é uma enzima biológica extraída do testículo e sêmen de bovinos, que possui ação despolimerizante sobre as glicosaminoglicanas, corpos bioquímicos complexos, que entram na constituição da substância fundamental do tecido conjuntivo e regulam, em grande parte, a distribuição de água nesses tecidos. Os mucopolissacarídeos podem formar um gel de viscosidade elevada que se constituem num obstáculo aos fenômenos vitais de difusão e intercâmbios celulares, atuando sobre o ácido hialurônico e principalmente sobre o ácido condroitin sulfúrico, principais componentes do cimento intercelular (substância fundamental amorfa do tecido conjuntivo, que preenche os espaços interfibrilares, juntamente com a água, sais e glicoproteínas análogas às do plasma). 

Thiomucase reestrutura a pele

Possui as mesmas propriedades e usos da hialuronidase, diferindo desta pela capacidade em hidrolisar o ácido condroitinossulfúrico; conhecida como fator de difusão, a THIOMUCASE leva a um aumento na permeabilidade do tecido, reduz a viscosidade e a quantidade de água no meio intercelular, promove portanto, a reabsorção de excesso de fluídos e atua sobre a difusibilidade de produtos exógenos e também sobre o intercâmbio de nutrientes e metabólitos entre as células e o sangue. 

Thiomucase atuas nos principais locais

A THIOMUCASE não tem efeito sobre o componente gorduroso, porém pode atuar na terapêutica da obesidade facilitando o intercâmbio extracelular com o adipócito, diminuindo a viscosidade inter-celular, facilitando a drenagem linfática, fator comprometido na gênese da celulite., e também facilitando a difusão de medicamentos. Enfim, a Thiomucase com sua ação mucopolissacaridase facilita a permeabilidade tecidual do tecido gorduroso, desta forma tendo indicação para seu uso na obesidade. Por suas propriedades difusoras, a THIOMUCASE é utilizada principalmente para o tratamento coadjuvante da celulite e lipodistrofias, normalmente em associação a outros princípios ativos, como beta-escina, extratos vegetais de algas, cavalinha, centella, além de colágeno, elastina, outros hidratantes e emolientes, etc. No tratamento de lipodistrofias, registra-se ainda a administração V.O. Possui igualmente aplicação nos tratamentos tópicos de processos inflamatórios localizados, tais como microvarizes, hematomas, flebites e contusões, em geral também em associação.

Quanto mais elevado o grau de polimerização dos mucopolissacarídeos, maior será a capacidade de retenção de água pela substância fundamental.

A água retida irá se ligar aos mucopolissacarídeos formando um gel de viscosidade elevada que se constitui num obstáculo aos fenômenos vitais de difusão e intercâmbios celulares. A THIOMUCASE é indicada como agente terapêutico específico em afecções caracterizadas por uma hiperpolimerização dos mucopolissacarídeos, hidropexia e síndrome pré-menstrual, Ou como auxiliar terapêutico para favorecer a difusão de Substâncias medicamentosas no organismo. A associação com hialuronidase, enzima que despolimeriza somente o ácido hialurônico, aumenta seu potencial de ação.                                                       

Indicações

  • Celulite - antes x depoisCelulite e obesidade (promove a reabsorção da gordura acumulada na derme);
  • Hidrolipopexias generalizadas ou localizadas;
  • Perturbações tróficas;
  • Pós-flebites e pós traumáticos;
  • Edemas por obstruções linfática e venosa;
  • Cicatrize;
  • Queloides;
  • Agente de difusão de medicamentos;
  • Em traumatologia, como coadjuvante da mobilização articular, nos casos de periartrite e artrose;
  • Como tratamento auxiliar do torcicolo. Pode ser útil associar pequenas doses de diuréticos para favorecer a eliminação da água liberada ao nível dos tecidos. Como a Thiomucase não tem efeito sobre o componente gorduroso da afecção, é essencial prescrever ao mesmo tempo um regime de restrição calórica, cada vez que uma sobrecarga lipídica associada á essa retenção de água;
  • Síndrome pré-menstrual: Geralmente é tratada com Thiomucase forma durante os 10 dias que precedem a data da menstruação. Supositórios. O tratamento será indicado para cada paciente individualmente.

Contra-indicações

Contra indicado para pessoas que apresentem alergia ou hipersensibilidade a qualquer componente do produto.

Efeitos adversos

 Ainda não foram relatados efeitos adversos importantes da thiomucase em literaturas analisadas. 

Apresentação e Posologia

As posologias indicadas são somente indicativas. O profissional responsável permanece com o poder de decisão das doses a serem aplicadas (associação ou alternância das formas de THIOMUCASE, de acordo com as indicações e o desenvolvimento do problema). Sempre consulte seu médico para adequar o melhor procedimento ao seu caso.

  • Drágeas contendo 25 UTR de mucopolissacaridase
  • Creme contendo 13.500 UTR de mucopolissacaridase por 100g
  • Supositório contendo 1.000 ou 1.500 UTR (atividade condroitinásica) e 4.000 UTR (atividade hialuronidásica)

O supositório de THIOMUCASE contém 30 em cada embalagem, são manipulados em Farmácia de extrema confiança e bem conceituada no mercado do Rio de Janeiro.

O tratamento dura em média de 90 dias a 6 meses.

Podemos associar com substâncias que ajudam na termogênese local, como sinetrol, chá verde, e cafeína. Tudo para acelerar o metabolismo basal e otimizar a perda de peso.  



PrintEmailFacebookTwitterGoogle GmailGoogle+LinkedInBlogger PostEvernoteShare

Tags:

Leave a Resposta